PRODUTOS

Açúcar Mascavo
julho 10, 2017
Óleo de Copaíba 30ml
julho 12, 2017
Exibir tudo

Semente de Chia

Com certeza um superalimento, pertencente às sementes da saúde. Existem duas plantas conhecidas como chia, as duas são nativas da América Central e da espécie Salvia. Temos a Salvia hispanica, e a Salvia columbariae, ou chia dourada. As duas espécies foram sempre consumidas pelos povos centro americanos como alimento. Atualmente a chia é produzida para consumo em vários países da América do Sul (Paraguai, Argentina, Brasil).

Esta é uma semente muito antiga e se sabe que já era consumida como alimento pelos astecas, para aumentar a resistência física. É uma fonte natural de ácidos graxos ômega-3, fibras e proteínas além de outros componentes nutricionais importantes, os antioxidantes.

Além disso, a semente de chia é um potencial também para a indústria alimentícia, vem sendo usada para enriquecer pães, bolos e barras de cereais; na produção de hidrolisados protéicos, na produção de maionese com adição de mucilagem de chia, entre outros produtos.
Propriedades e benefícios das sementes de chia
As propriedades benéficas das sementes de chia eram conhecidos das civilizações pré-colombianas da Europa Central e do Sul. Junto com milho, feijão e amaranto eram o alimento básico das populações maias e astecas.

A chia é considerada um alimento funcional que tem uma característica interessante de provocar a saciedade dado o seu efeito mucilaginoso – retém muita água, aumentando em até 20 vezes o seu volume o que provoca a saciedade pois preenche o estômago. Porém, também pode provocar, pelo mesmo efeito, a obstipação quando a quantidade de água que se bebe é pouca ou insuficiente.

Segundo os estudos encontrados, a chia é rica em ômega-3, cálcio, magnésio, manganês e fósforo, proteínas, fibras e antioxidantes.

O teor de cálcio torna as sementes de chia uma das principais fontes vegetais deste mineral, juntamente com sementes de sésamo. As sementes de chia têm um teor de cálcio de 600 miligramas para cada porção de 100 gramas. Considera-se ser 5 vezes superior à do leite. A chia contém ômega-3, a 20% do seu peso, uma característica que a torna similar à semente de linho e ao óleo de linhaça, outras fontes vegetais importantes deste ácido graxo essencial. 100 gramas de semente de chia têm cerca de 20 gramas de ômega 3, uma propriedade que coloca a chia como a fonte vegetal mais rica em ácidos graxos essenciais.

Categoria: